DECEMBER 9, 2022
GERAL

SINDPOC denuncia desvio de função em delegacias de Salvador

post-img

Durante visita a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), no bairro de Brotas, em Salvador, nesta quarta-feira (18), a diretoria do Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (SINDPOC), recebeu informações de prática de desvio de função na unidade.

A comitiva sindical, representada pela vice-presidente da entidade, Ana Carla Souza e pelos diretores Carlos Meira e Érico Araújo, esteve na DEAM de Brotas para promover a Assembleia Geral Extraordinária organizada pelo coletivo Movimento Juntos Somos + Fortes, que acontece no próximo dia 24 de maio, quando apuraram a denúncia de desvio de função.

De acordo com as informações levantadas, com a ausência de delegados e escrivães nas Delegacias Especiais de Atendimento à Mulher da capital baiana, investigadores estariam sendo obrigados a realizar atividades de EPC além do habitual registro de flagrante. “Estão exigindo que os investigadores imprimam o documento, dê para as partes assinarem, escaneie, devolva e ainda [...] levar para fazer exame de corpo de delito e trazer para custodiar aqui, na DEAM de Brotas”, denunciou Souza, citando a DEAM de Periperi como exemplo da prática.

Ana Carla Souza explicitou que a entidade sindical já entrou com ofício solicitando audiência com a Delegada-geral, além de afirmar que outras providências serão tomadas para combater o desvio de função e o adoecimento da categoria.

 

Cart